Menu Fechar

Cortar as unhas às crianças! Como resolver o drama?

E quando chega o momento da “terrível hora de CORTAR AS UNHAS ÀS CRIANÇAS?”

O que faz aí em casa? Amarra? Grita? Ameaça? Chantageia? Negoceia? Cede? Passa ao próximo?

Hoje vamos falar um pouquinho sobre isso. Porque é tão difícil fazer algumas crianças aceitarem cortar as unhas?

Para a criança aquele momento parado, a fazer algo que não gosta, dura uma eternidade e nós esquecemo-nos de a preparar antes!

Apanhá-la de surpresa ou à força é uma estratégia frustrante se tivermos em consideração uma educação consciente!

Consciencialize a sua criança da necessidade da higiene das unhas e faça-o de forma lúdica.

Por vezes usamos recursos nobres de educação com tom de voz autoritário ou ameaçador e depois dizemos que não funciona. Óbvio que não vai funcionar se já impõe medo e autoritarismo antes mesmo de começar, logo nunca poderá haver consciência.

 

Vamos então às dicas:

  •  Para os mais pequenos, cortar enquanto dormem é uma boa estratégia no entanto eles não irão ficar a dormir para sempre enquanto lhes corta as unhas 😉 Então, lembre-se de começar a consciencialização assim que começar a cortar com a criança acordada.
  • Procure uma posição em que não fique muito em cima da criança para que se sinta menos presa, tornando o momento menos stressante e dando à criança mais confiança no que está a fazer.
  •  Dar uma tesoura (sem ponta claro) para a mão da criança e deixá-la cortar a sua unha ou a do pai e depois a dela é uma forma de consciencializar. Ou então que segure com uma mão a tesoura enquanto devagarinho você corta a outra e depois de cortar, mostre-lhe o resultado e diga que foi rápido e que já cortou.

Crianças aprendem por imitação e repetição. É importante que antes de lhes cortar as unhas, elas vejam alguém a cortar as suas (nem que seja através de uma brincadeira faz de conta) ou que você mesmo corte a sua unha. Elas vão querer imitar por isso arranje uma tesoura sem ponta e deixe que elas brinquem sob a sua supervisão.

  • Seja rápido. Lembre-se que é um momento em que a criança precisa de estar parada e isso para algumas não é agradável.
  •  Seja flexível. Talvez seja necessário cortar um pouco de manhã e outro bocado à tarde porque para algumas crianças o processo é muito chato. Encontre o equilíbrio e ceda às vezes. Com o passar do tempo, ela vai perceber que é melhor acabar tudo de uma vez.
  • Para as crianças maiores é giro ilustrar a situação, mostrando fotografias de pessoas que não cortam as unhas e consciencializar sobre a necessidade de cortar para que as unhas não fiquem assim.

O momento de cortar as unhas tem de ser divertido como o momento de passear, por exemplo. Então exagere na entoação “VAMOS CORTAR AS UNHAAAAASSSS…..iiiêêêê!” mesmo que no início pareça que vai ficar feliz sozinha! 😉

Pode usar músicas, brinquedos, cenários….seja criativo!

 

Se gostou do conteúdo, comente e partilhe com amigos. Ajude-me a espalhar este tipo de educação por mais pessoas!

Gosta e segue-nos
Posted in Criar com Apego - Coaching, Saúde e Rotinas, Saúde, Segurança e Rotinas

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *